A Lenda (cap.1)

No majestoso gabinete dos representantes do povo… – Eles se levantaram contra o povo. São contrarrevolucionários, opressores do proletariado, da nação e da família. Nós, como representantes últimos do povo, não devemos fraquejar, camaradas. Não podemos tolerar isso, irmãos. Por isso eliminamos e eliminaremos todos os que a nós se opõem. Como já foi feito […]

Leia mais A Lenda (cap.1)

Síndrome de Estocolmo (cap.20)

– Isso mesmo, tava pensando em trazer a menina para morar com a gente. Ela tá lá, enjeitada naquele abrigo – Maria. – E ela vai entender? Melhor não. Tem esclarecimento que desatina o vivente. Melhor viver no breu. – Oh homem, pelo menos o natal. É dia de família. Já conversei com a dona […]

Leia mais Síndrome de Estocolmo (cap.20)

Síndrome de Estocolmo (cap.19)

A eleição ocorreu e Gideão Carvalho da Silva tranquilamente arrebanhou mais da metade dos votos, muito mais, e fez-se prefeito. A novidade não se resumia apenas ao prefeito, a câmara estava mudada, vários velhos conhecidos de outras atividades tornaram-se os novos rostos na casa do povo; entre eles diversos comandados do coveiro de ladino. Dos […]

Leia mais Síndrome de Estocolmo (cap.19)

Síndrome de Estocolmo (cap.18)

Maria entra na sala da frente, fazem silêncio ao notarem sua presença, deixa a bandeja com as xícaras de café sobre a pequena mesa e retira-se para os homens voltarem a conversar. Adriano pega a sua e toma um gole. – Concordo com dona Maria, sua esposa. É mulher de juízo. O senhor melhor do […]

Leia mais Síndrome de Estocolmo (cap.18)

Sintonia Fina (cap.7)

Augusto Devaneador da Silva não desiste de sua missão, afinal, os contratempos e as pequenas derrotas são o presságio da vitória final. Portanto, é preciso perseverar, faz-se necessário seguir firme na fé. A esperança do ilustre professor é reforçada por um bom augúrio. Outro membro do povo ao qual se aproximou para mostrar-lhe o caminho […]

Leia mais Sintonia Fina (cap.7)

Síndrome de Estocolmo (p.16)

Por fim, Gideão Carvalho da Silva foi posto em liberta. Não faz muito, Adriano Mascarenhas Heinz entrou na delegacia para acompanhar a soltura do seu cliente. Não estava lá a família, Gideão não os queria naquela casa, ia ter com eles em casa. Porém a saída não foi anônima. Muitos esperavam ansiosos. A praça estava […]

Leia mais Síndrome de Estocolmo (p.16)

Sintonia Fina (cap.6)

Augusto Devaneador da Silva chega em seu prédio, entra no elevador e reflete com seus botões se por acaso teria pego pesado demais com Mariana, a sua empregada. – Não, definitivamente não. Tudo é Jesus, tudo é Deus. Chega de rememorar essa experiência trágica. Só libertando as expectativas do carrasco do além mundo é que […]

Leia mais Sintonia Fina (cap.6)

Síndrome de Estocolmo (cap.15)

– O frouxo do delegado, agora, quer se livrar de seu preso – ironiza o assessor. – Sim. Teme pelos seus. Quem tem responsabilidade teme pelos seus, só temerários não. Ninguém depende de suas ações por isso não entende. Também por isso é inconsequente. Talvez a idade ajude nisso. Com todo certeza. Quando tinha seus […]

Leia mais Síndrome de Estocolmo (cap.15)